Entenda mais sobre o processo de análise dos indicadores, metas, métricas, entre outros dados da sua empresa

Depois de ter mapeado e estruturado a captura dos dados de sua empresa, e iniciar o trabalho de extrair os dados, consolidá-los e transformá-los em informações, começa o movimento de analisar os dados e avaliar as metas e indicadores estabelecidos.

Podemos dizer que essa é uma das etapas mais esperadas dentro de uma gestão orientada por dados: a análise dos dados e avaliação. Como são as informações extraídas dos dados que servem de base para as tomadas de decisão e o acompanhamento do planejamento estratégico, a análise das mesmas é um momento muito importante. 

Os números gerados no dia a dia da empresa através dos processos, possibilitam o acompanhamento da performance da empresa, o monitoramento das metas estabelecidas, identificar e antever problemas, detectar tendências de mercado, entre outras inúmeras possibilidades. Ou seja, o objetivo da análise é avaliar se esses processos estão sendo eficientes, alcançando as metas e gerando os resultados tido como esperados.

Visualização dos dados

No final da etapa anterior, e início desta, começamos a tratar os dados para extrair e interpretar as informações contidas neles. Ter uma boa apresentação dos dados é o que facilita a  visualização das informações. Só assim é possível simplificar o entendimento de dados complexos e extrair o máximo de conhecimento de forma visual.

Uma boa organização da visualização dos dados, com gráficos, tabelas e recursos visuais certos, ajudam a avaliar a informação que está sendo exposta. De acordo com as premissas definidas como referências, a análise dos dados é feita e, em cima disso, algumas considerações  começam a serem formuladas.

Se a visualização dos dados for clara, objetiva e de fácil a compreensão para o leitor,  ele terá uma melhor compreensão da realidade apontada pelos dados. Nesse sentido, para facilitar essa visualização, utiliza-se o painel de indicadores.

Painel de Indicadores

O Painel de Indicadores permite acompanhar as métricas e indicadores da sua empresa. Seus recursos visuais característicos facilitam a compreensão de volumes de informações importantes geradas, principalmente o andamento de metas e objetivos estratégicos. Métricas e indicadores relevantes são apresentados, disponibilizando a informação de forma rápida e clara para a gestão e a equipe. 

O momento da avaliação

É neste momento que o gestor irá explorar, discutir e debater as informações disponibilizadas para, só então, tomar melhores decisões.

O momento de avaliação das informações extraídas dos dados é a hora em que o gestor interpreta os dados e consegue obter uma percepção de como está o progresso da empresa frente às metas e objetivos estipulados. 

Através do que está sendo apontado pelos gráficos, tabelas, números e indicadores, o gestor começa a fazer questionamentos e apurações dos “porquês” daquilo que foi constatado.

Mediante a tudo que foi coletado e registrado ao longo de um determinado período de tempo, os dados serão cruzadas e comparadas, para que assim sejam extraídas as informações relevantes e, desse modo, ocorram resoluções fortemente baseadas na realidade observada. 

Muita das vezes, as informações examinadas através dos indicadores irão apontar uma direção que servirá de base para análises mais profundas.

Conectando as informações

A partir da visualização que os dados serão interpretados e é importante que esse processo seja sempre correlacionado com a experiência da equipe. Os dados serão agregados a experiência de quem está analisando, e isto propicia reflexões acerca de tudo que tem sido feito dentro do negócio.

Na hora da análise dos dados e avaliação dos resultados, conectar as informações e os pontos cria um ambiente oportuno para o surgimento de insights. 

Insights

Insights são ideias que são obtidas a partir de análises feitas com base nas informações observadas nos dados gerados pela empresa. Os dados são mais do que necessários para que os insights sejam gerados. Eles carregam informações valiosas, o que consequentemente abre caminho para a geração de insights  condizentes com as necessidades e realidade da empresa, seja em relação aos processos internos ou nas vendas.

Uma visão multidisciplinar e crítica das informações coletadas, juntamente com a experiência dos profissionais da empresa, contribuem para a geração de um ambiente que aumenta as chances da geração de boas ideias.

A utilização dos dados na tomada de decisão visa adicionar evidências concretas sobre a realidade da empresa à tomada de decisão. Ela não substituirá a experiência dos profissionais.

Análise crítica

Os Indicadores são criados com base nos dados para gerar informações que irão ajudar a empresa a fazer reflexões de acordo com seu contexto e realidade. Os indicadores servirão de suporte para uma análise crítica das informações que estão contidas nele. 

É preciso submeter os indicadores a uma análise crítica para entender as suas causas. Com esta análise será possível ter um melhor entendimento sobre: 

  • como andam os processos dentro da empresa;
  • quais as possíveis causas do resultado obtido; 
  • o que pode ser feito de diferente para melhorar ou até mesmo potencializar algo que esteja gerando os resultados esperados.

A análise crítica necessita da participação de pessoas chave na empresa, que tenham uma visão crítica, entendimento do segmento onde a empresa atua e um conhecimento profundo do departamento onde essa pessoa atua, juntamente com a sua relação com outros departamentos.

Imagem: Negócio foto criado por ijeab – br.freepik.com