Conhecida como Business Intelligence (BI), a Inteligência de Negócio é a resposta para toda empresa que deseja tomar decisões estratégicas baseadas em análise de dados

Está procurando soluções para aprimorar os processos internos de seu negócio devido a resultados insatisfatórios? Se tiver feito pesquisas, você provavelmente deve ter se deparado com o termo Business Intelligence (BI). Não se assuste com a quantidade de definições ligadas à essa prática, iremos te ajudar a entender melhor sobre a Inteligência de Negócio, conceito que promete grandes soluções 

Aqui neste artigo o BI será chamado de Inteligência de Negócio, para aproximar o termo do nosso contexto brasileiro.

O que é a Inteligência de Negócio?

Se você deu uma olhada na internet deve ter visto que a aplicação da Inteligência de Negócio envolve um conjunto de metodologias, técnicas e ferramentas específicas que precisam ser implementadas e funcionar juntas. E sim, sua aplicação realmente diz respeito à isso, mas qual a finalidade disso tudo?

A Inteligência de Negócio auxilia empresas a tomarem decisões estratégicas fundamentadas em dados e informações coletadas e analisadas. Baseado em técnicas, procedimentos e ferramentas, a Inteligência de Negócio pega dados brutos e os transforma em informação estratégica, facilitando a interpretação de um grande volume de dados.

Qual a funcionalidade da Inteligência de Negócio?

Tomar melhores decisões comerciais, com base em dados, é o cerne da Inteligência de Negócio. Ela irá te mostrar a verdade, a saúde do seu negócio para assim te ajudar a gerar insights (ideias) no desenrolar do processo de análise das informações. Uma boa olhada em seus dados internos, somados aos dados externos, isto é, do mercado e concorrência, proporciona uma visão do cenário completo.

Nada melhor do que enxergar e entender de verdade sobre o que está sendo gerado dentro do seu negócio e como está o mercado lá fora.

Um pouquinho da história…

Em um contexto de evolução da tecnologia da informação, na década de 80, o Gartner Group, instituto de pesquisa e análise do setor de tecnologia da informação, desenvolveu esse conceito para especificar o uso de tecnologias e métodos para coletar dados relacionados às atividades da empresa, estruturá-las para fácil acesso e análise, a fim de que dali fossem retiradas informações que direcionassem a tomada de decisão.

Entendendo os processos da Inteligência de Negócios

Na Inteligência de Negócios a ordem dos fatores altera o produto sim! Por isso é essencial que se siga a ordem na implementação dessa estratégia para que se possa obter os resultados esperados.

Mobilização

O primeiro passo a dar rumo a Inteligência de Negócio é a mobilização de todas as pessoas envolvidas e importantes no gerenciamento da empresa. Nesse momento, é necessário entender o funcionamento do negócio, quem e o que será favorecido pela implementação da Inteligência de Negócio, e também é o momento propício para discussões sobre os assuntos relacionados à gestão. Isso ajudará a estabelecer as necessidades do negócio.

Inicialmente é fundamental que a alta administração entenda a importância da Inteligência de Negócio e esteja comprada com a iniciativa. Decisões estruturais poderão ser necessárias para que a empresa adote uma cultura orientada à dados e o “patrocínio” da alta administração é vital para que as iniciativas avancem. 

Na sequência será preciso disseminar esta cultura pela empresa e nesse momento é fundamental estar envolvida com toda a organização. Gerentes, Supervisores, Coordenadores, Analistas, Auxiliares, Estagiários etc. Todos precisarão estar envolvidos e comprados com a iniciativa, pois a cultura organizacional é feita no dia a dia, na dinâmica de trabalho de todos os funcionários da instituição.

A Análise SWOT contribuirá para entender o ambiente interno e externo do negócio. Mapear os processos e estratégia chaves de vendas e todas as fontes de dados guiará na definição de metas e indicadores.

Coleta

Após entender as necessidades da empresa é a hora de coletar todo o tipo de fontes de dados existentes dentro do negócio, sejam em banco de dados, planilhas, plataformas, para serem utilizados no processo. 

Estruturação do sistema e análise

Nessa etapa a solução começa a ganhar forma, pois começa a fase de extração, consolidação e transformação dos dados em informações valiosas. Mediante as metas e indicadores definidos relacionados aos processos chave, tecnologias e ativos digitais (como planilhas e dashboards) são usados para eficiência do processo. Eles contribuem para agregar e monitorar constantemente e em tempo real os dados, possibilitando a análise.

Compartilhamento

Após toda a aplicação das ferramentas para conseguir reunir em um só lugar todas as informações importantes, todos os dados e relatórios são apresentados à empresa para dar continuidade ao processo. A equipe aprenderá a usar as informações e os gestores e analistas usarão a ferramenta para consultas.

Diante dos resultados apresentados, e se eles não forem o esperado, será necessário a definição de novas estratégias, metas e objetivos. Diminuir perdas, evitar riscos, reduzir custos e investir certeiramente são alguns dos primeiros passos que podem ser dados.

Monitoramento

Por último, mas sem ser o fim, é preciso monitorar frequentemente os dados e resultados. Sempre revisar e refinar as metas e indicadores estabelecidos. E mesmo que não tenha mudado nada nas estratégias da empresa, avaliar e analisar os números produzidos, e sempre propor sugestões é o caminho para o crescimento. Desse modo, fica mais fácil acompanhar o histórico de evolução da empresa.

7 motivos para implementar a Inteligência de Negócio em sua empresa

Tendo o conhecimento sobre as informações e dados que estão sendo gerados dentro da sua empresa e como está o mercado e a concorrência lá fora, é viável que sua empresa aja e se planeje de forma adequada e com mais chances de sucesso. É nisso que a Inteligência de Negócio pode ser a resposta que você procura.

Confira agora 7 motivos para implementar a Inteligência de Negócio em sua empresa:

1. Melhora na gestão 

A Inteligência de Negócio impacta na forma com que você administra os dados da sua empresa e na maneira de desenvolver ações e planejamentos estratégicos. Devido a sua metodologia própria e ferramentas que são incluídas no dia a dia do seu negócio, todos os dados que são importantes na sua empresa serão coletados e registrados diariamente. As informações que os dados carregam não ficarão mais soltas ou perdidas, mas serão organizadas e estruturadas para oportuna análise e acompanhamento.

Com essas informações sempre  atualizadas e acessíveis, o gestor consegue criar e fundamentar ações, metas e objetivos para impulsionar a empresa no mercado e frente a concorrência. Seu negócio não se moverá por feelings, mas terá como base a realidade. Dessa forma, fica mais fácil fazer com que sua empresa se movimente estrategicamente, porque ela sempre saberá no que precisa melhorar, onde está a falha ou problema e o que está dando certo para em cima disso investir ainda mais esforços.

2. Alcance de metas e objetivos

Seu negócio tem alcançado as metas e resultados esperados? Como você sabe se está longe ou perto de chegar lá? As metas e objetivos são premissas básicas para todo e qualquer negócio. Baseando-se nessas premissas, as empresas se movimentam tendo um propósito em mente e, consequentemente, as tomadas de decisão serão de acordo com os resultados esperados.

A Inteligência de Negócio te ajuda a monitorar e mensurar a evolução das atividades e progresso da sua equipe comparando sempre com as metas e objetivos estratégicos, estipulados anteriormente. Se a meta é aumentar em 20% as vendas em até 1 mês, a equipe conseguirá saber no final se foi alcançado ou não no prazo determinado, devido às tecnologias, soluções e técnicas da Inteligência de Negócio. 

3. Relatórios sempre em mãos e fáceis de interpretar

Em vista de seus dados e informações estarem organizados e limpos, os seus relatórios e gráficos só mostrarão o que for relevante e determinante para sua empresa. Uma boa apresentação dos dados é essencial para a hora da análise, e a Inteligência de Negócio te auxilia na escolha do sistema ou plataforma que mais se adequa a sua realidade e necessidades e também no momento da estruturação dos dados.

Seus relatórios não serão os mesmos, eles conterão apenas o que você precisa saber para chegar a conclusões sobre a saúde empresarial e andamento das metas e objetivos. E segundo a plataforma ou sistema que vier a optar, esses dados estarão sendo coletados automaticamente e estruturados para que na hora em que for necessário, você os acesse.

4. Reações rápidas

Pelos dados carregarem as informações sobre seus clientes,  eficiência das atividades, evolução das metas e objetivos, e outras informações importantes para seu planejamento, com o acompanhamento proporcionado pela Inteligência de Negócio, é mais fácil identificar o que está dando errado e onde, para assim corrigir rapidamente.

Esse acompanhamento possibilita criar um ciclo de melhoria constante dentro da empresa. Pois será possível corrigir as falhas que são identificadas e melhorar os processos de acordo com as novas necessidades do negócio. A equipe aprenderá a usar as informações e os gestores e analistas usarão os relatórios e painéis de indicadores para consultas periódicas.

5. De olho nas oportunidades

A metodologia e técnicas da Inteligência de Negócio abrem espaço para análises preditivas ao acompanhar dados do mercado e dados da concorrência. Isso permite que você consiga prever tendências do mercado e comportamento dos clientes. E mesmo que as estratégias da sua empresa não tenham mudado, avaliar e analisar os números, e realizar essas análises preditivas, apontam sugestões de caminho para o crescimento. 

Saber a respeito de perspectivas e o futuro do seu segmento no mercado te auxilia a fazer investimentos corretos. Conhecer a sua posição perante a concorrência ajuda no desenvolvimento de estratégias.

6. Insights

Insights aparecem com uma boa análise dos dados, constante acompanhamento e verificação dos processos, conhecimento profundo sobre seu segmento, visão multidisciplinar, entre outros fatores. A metodologia da Inteligência de Negócio cria um ambiente propício para o surgimento de insights para ajudar a sanar necessidades percebidas para o momento. 

Os insights colaboram para aperfeiçoar o desempenho dentro do ambiente empresarial, pois trazem novas maneiras de se realizar intervenções para melhoria e alinhamento dos processos.

Podemos dizer que o insight é fruto da observação e análise. Sendo assim, por meio dessa perspectiva que é abordada na Inteligência de Negócio, é possível identificar padrões e relações entre determinados fatos e, mediante a realidade observada, ter insights.

7. Situação atual da empresa atualizada e disponível para consulta

Em virtude da Inteligência de Negócio registrar, reunir e organizar informações estratégicas da sua empresa, é possível ter uma visão ampla e conseguir  interpretar situações sobre como está a estrutura da empresa, o funcionamento das atividades, eficiência dos processos sempre que for preciso.

Adicionalmente, ao adotar um Painel de Indicadores eficiente, você poderá consultar o cenário atual da empresa, a qualquer momento, bastando ter acesso a ferramenta.

Conheça ferramentas para trabalhar com Inteligência de Negócio (BI)

1. Microsoft Power BI

O Microsoft Power BI é uma ferramenta da Microsoft que cria dashboards e relatórios dinâmicos. Ele permite integrar dados de diferentes fontes, como planilhas de Excel, servidores, redes sociais e aplicativos na nuvem. Ou seja, ele capta informações de diferentes fontes e consegue cruzá-las. Diferente das outras ferramentas que são online, o Power BI possui um software para download e para aplicativos móveis (smartphones e tablets).

A proposta da plataforma é simplificar a integração e visualização dos dados da empresa, através de dashboards completos e intuitivos. Com o Power BI é possível uma visão ampla das métricas e indicadores do negócio, pois são atualizadas em tempo real.

Os painéis criados com o Power BI podem ser utilizados para: 

  • Contar histórias por meio dos gráficos e visualizações dos dados; 
  • Examinar cenários hipotéticos tendo em vista os dados;
  • Responder perguntas em tempo real; 
  • Auxiliar nas previsões, garantindo que as metas sejam alcançadas se baseando nos números. 

O Power BI possui uma versão gratuita, para empresas de pequeno e médio porte, e a versão Power BI Plus, com uma taxa de assinatura mensal.

2. Google Analytics

O Google Analytics  é uma plataforma online e gratuita que acompanha e registra as interações dos visitantes em seu site a fim de gerar informações a respeito do seu público. É possível ter acesso a dados como de quais cidades são, sua faixa etária, sexo, qual dispositivo usou para realizar o acesso, suas ações dentro do site e quais os assuntos mais procurados é possível com o GA. 

Todos os dados gerados pelo GA são reunidos em relatórios que são atualizados em tempo real, contribuindo assim para a análise de resultado das estratégias. Desse modo, fica mais fácil averiguar o que tem funcionado e se o site tem alcançado e gerado os resultados almejados.

Saiba mais: Google Analytics: conheça e acompanhe seu público

3. Tableau

O Tableau oferece uma solução eficiente ao ter um sistema de arrastar e soltar, possibilitando que desse modo as informações sejam reorganizadas para compreendê-las melhor.  Ele faz a integração de diversos tipos de fontes de dados, como banco de dados relacionais, em nuvem e até arquivos de texto e planilhas do Excel.

Os dashboards interativos, considerados o diferencial da plataforma, se movimentam em tempo real e ajudam a visualizar padrões, para a análise dos dados e extração de informações estratégicas. O Tableau possui opções para desktop e nuvem, e também possui recursos para segurança dos dados e ambientes de compartilhamento confiáveis para empresas.

4. Qlik

A Qlik é uma plataforma para análise e gerenciamento de dados da QlikTech que usa a inteligência artificial para oferecer soluções rápidas. A plataforma facilita o acesso aos dados pelas equipes da empresa e coleta e registra os dados gerados por todos os setores.

Ela  possui uma Interface flexível e oferece visualizações simplificadas. Isto é, não exige conhecimentos técnicos para sua utilização, as fórmulas para criação de métricas são iguais as do Excel. O seu custo é baixo comparado a outras ferramentas de Inteligência de Negócio disponíveis no mercado.

Desse modo, a Qlik visa a alfabetização de dados, auxiliando no treinamento e capacitação da empresa e seus colaboradores para o uso da ferramenta

5. IBM Watson Analytics

O IBM Watson Analytics é uma das ferramentas de Inteligência de Negócio mais conhecidas e seu sistema é de computação em nuvem. Com a plataforma é possível visualizar e analisar os dados da empresa de forma inteligente e de fácil compreensão. Assim sendo, os relatórios e dashboards são interativos, o que oportuniza a descoberta de dados inteligente, análises simplificadas e análises avançadas acessíveis.

A plataforma se destaca por permitir a construção de modelos preditivos, tratar todos os tipos de dados, criar correlações e aumentar a segurança das decisões na empresa, ao registrar, por exemplo, dados de acidentes no ambiente de trabalho e relacioná-los com outras métricas.

Quando utilizado em sua versão gratuita, possui restrições no armazenamento. Somente a versão Professional permite o acesso de múltiplos usuários.

6. Google Data Studio

O Google Data Studio é uma ferramenta de Inteligência de Negócio gratuita do Google. Para utilizá-la, basta ter uma conta no Gmail. Ele sincroniza as fontes de dados de outros aplicativos Google, como o Google Sheets, Ads, Search Console, Analytics e o Trends, em um painel personalizável. 

Desse modo, a partir dos dados, a plataforma cria relatórios personalizados, por meio de gráficos e tabelas. Os relatórios são de fácil compreensão e atualizados em tempo real. É possível criar até cinco relatórios, e o compartilhamento e edição acontecem do mesmo modo como os arquivos do Google Drive.

As equipes da sua empresa podem acessar os relatórios de computadores diferentes e até mesmo o cliente, se for o caso, pode acompanhar a atualização dos resultados em tempo real.

Exemplos de dados que podem ser visualizados no Data Studio:

  • Origem dos visitantes do seu site;
  • Quais são os horários e dias da semana em que o site tem mais acesso;
  • O custo por clique atual;
  • Quais foram as palavras-chave usadas no mecanismo de busca para encontrar sua empresa.

Vantagens da Inteligência de Negócios

  • Gerir de forma inteligente os dados e de forma mais estratégica a empresa
  • Alcançar metas estratégicas com mais facilidade
  • Relatórios sempre acessíveis e de fácil interpretação
  • Reações rápidas se for identificado falhas em processos
  • Descobertas de oportunidades
  • Insights 
  • A realidade da empresa sempre atualizada e disponível para consulta
  • Acompanhamento do mercado e dados da concorrência

Conclusão

Aplicar inteligência ao seu negócio criará um ambiente onde você sempre terá informações importantes disponíveis, as quais te ajudarão a traçar estratégias mais eficazes para o seu negócio. Ter o conhecimento da realidade e aproveitar o maior quantidade possível de dados gerados em sua empresa pode oportunizar um desenvolvimento e crescimento até então estagnados em seu ambiente empresarial.