Conte histórias atraentes por meio da visualização de dados

Este artigo é uma tradução do artigo originalmente publicado no site Marketo Engage, intitulado “Breathe Life Into Your Data | Tell Compelling Stories Via Data Visualization”, por Rena Gandimova.

Tempo e atenção, como sempre, são escassos. Especialmente quando devemos trabalhar dentro das limitações da velocidade e recursos, enquanto as informações e o mercado se movem e mudam cada vez mais rápidos. 

A Inteligência Artificial e o Machine Learning  (Aprendizado de Máquina) possibilitam coletar, analisar e interpretar dados em velocidade desumana. Mas esses dados devem ser compreendidos, traduzidos e compartilhados. A visualização de dados rápida, clara e atraente permite apresentar grandes quantidades de informações complexas como uma história poderosa para qualquer público.

Por que a visualização de dados funciona tão bem e quais são as melhores formas de visualizar dados no seu negócio?

Vamos começar com a visualização. A maioria das pessoas são aprendizes visuais. Aprendemos e nos comunicamos visualmente porque, em comparação com a linguagem escrita, nossos cérebros vêm processando informações visuais há muito mais tempo e evoluíram para fazer esse trabalho com mais rapidez e eficiência, na maioria das vezes inconscientemente. Pesquisas apontam que o cérebro processa imagens e informações gráficas até 60.000 vezes mais rápido do que texto. 

E os dados, por si só, mesmo quando estão organizados em tabelas expansivas de números, estão longe da nossa capacidade de processar, calcular, reconhecer padrões e encontrar significado rapidamente.

Isso é lamentável porque, entre todos os dados, existe uma riqueza de informações valiosas e importantes. No entanto, a velocidade das ferramentas de análise de dados e de softwares de visualização, mais do que compensa nosso pensamento relativamente lento. É um exemplo perfeito de humanos e máquinas unindo-se, com suas forças complementares, para transformar a forma como vemos e entendemos o mundo. A parceria dinâmica de arte e ciência na visualização de dados pode desencadear um crescimento explosivo em criatividade e receita em todo o seu negócio.

As ferramentas digitais permitem que as pessoas estudem e interpretem padrões e tendências para obter insights aplicáveis, para desse modo fazer ajustes e desenvolver iniciativas. Com IA e Aprendizado de Máquina, podemos reunir e refinar dados aparentemente aleatórios e caóticos, que não significam quase nada para qualquer humano olhando para um mar de números em uma tabela ou planilha. No entanto, organizados em modelos visuais, esses dados contam uma história ou muitas versões possíveis de uma história, e estratégias baseadas em dados são desenvolvidas usando as melhores e mais relevantes informações.

Dados, dados, em todos os lugares…

Os dados são o resíduo digital do mundo em movimento, de pessoas vivendo, trabalhando e se divertindo. Eles impulsionam e são produzidos pelos negócios, ciência, tecnologia, esportes e tantas outras atividades humanas que não associamos imediatamente aos dados, incluindo a arte.

Os dados são valiosos porque contam bilhões de histórias, histórias dentro de histórias. Imagine o Big Data como um enorme romance humano em andamento, e todos nós somos personagens nele. Se cada palavra for um byte de dados, o mundo produzirá 2,5 quintilhões de palavras por dia.

Você tem dados. O que fazer agora? É hora de analisar, interpretar e traduzir

Depois de obter os dados, como você os faz funcionar? Embora os objetivos, públicos e estratégias variem de acordo com cada empresa, a visualização de dados organiza as informações para uma rápida e fácil compreensão entre funções, setores e até culturas.

Da mesma forma que os memes trabalham tanto com uma imagem e talvez uma ou duas linhas de texto, um gráfico pode valer por uma tabela com um milhão de números. As relações entre os conjuntos de dados tornam-se claras em segundos, comparadas com horas examinando as mesmas informações organizadas em tabelas e planilhas, e ainda faltando as principais tendências, padrões e conexões.

Monte a história antes que seja tarde demais

Em 28 de janeiro de 1986, o ônibus espacial Challenger explodiu logo após o lançamento. Durante a investigação, foi descoberto que temperaturas mais frias comprometeram a integridade dos O-rings, que se tornaram frágeis e quebraram, levando à explosão. Embora os engenheiros tenham reunido dados e apresentado vários conjuntos em várias tabelas, os principais conjuntos de dados de temperatura e taxas de falha do anel de vedação não foram apresentados em relação uns aos outros. 

Os especialistas tinham os dados de que precisavam, mas não os organizaram visualmente e perderam a informação que precisavam justamente no momento em que precisaram  tomar uma decisão que teria salvado vidas.

O poder da análise de dados e da representação visual pode fornecer uma visão em tempo real para tomar decisões baseadas em dados no momento que impactam todas as áreas do seu negócio. Ofereça o que seus clientes precisam e desejam. Construa uma presença de marca mais forte. Crie melhores experiências para o cliente. Resolva os problemas com antecedência. E, dependendo do contexto, até salvar vidas.

Harmonize a forma e o conteúdo para dar vida aos seus dados e talvez até salvar vidas

Não é segredo que representar dados em um gráfico ou mapa pode ser uma maneira rápida e eficaz de compreender e comunicar informações. Dados fortes e convincentes, claros e compreensíveis, são aproximadamente 43% mais envolventes e persuasivos.

Um dos primeiros exemplos de visualização de dados veio do trabalho de John Snow, considerado um dos fundadores da epidemiologia, que rastreou o surto de cólera de 1854 em Londres, representando os dados em um mapa. Isso o ajudou e a outras pessoas a verem como a doença se propagava pela comunidade. Ele descobriu que o principal ponto de transmissão era a alça de uma bomba de poço, que foi então removida, tendo um enorme impacto no combate ao surto.

Quando interpretada e compreendida em tempo hábil, a visualização de dados é um guia poderoso para tomar decisões informadas com confiança em seu poder preditivo.

Achatando a curva com a ajuda da visualização de dados

Exemplos de arranjos visuais de dados estão em destaque desde o início do ano.

Usando três linhas retas e duas curvas, o gráfico de “achatar a curva” do Covid foi bem-sucedido em transmitir dois cenários onde:

1) fazemos negócios como de costume, sem praticar o distanciamento social ou quaisquer outras medidas para retardar a disseminação do coronavírus, ou 

2) tomamos medidas para retardar a propagação do vírus, o que é indicado pela curva mais curta e longa que fica abaixo da linha horizontal, indicando o número máximo de pacientes que o sistema de saúde pode atender de uma vez. 

A curva mais alta no cenário 1 fica acima dessa linha, o que significa que as pessoas representadas por aquela área provavelmente não receberão os cuidados de que precisam porque os hospitais não teriam os recursos naquele momento.

Isso é apenas uma rápida refinação de uma explicação, mas já é muito mais complicado do que as informações rapidamente apresentadas por algumas linhas e algumas curvas. Processar informações visuais 60.000 vezes mais rápido do que o texto parece mais confiável. Os dados e a história são codificados na imagem desse gráfico.

Outro exemplo inclui mapas de calor mostrando as áreas mais afetadas pelo Covid-19. Os mesmos dados visualizados de forma diferente como uma barra ou gráfico de linha mostram o impacto de vários esforços estaduais ou nacionais para controlar a propagação do coronavírus, comparando aqueles que tomaram diferentes posições sobre distanciamento social e medidas de proteção no local.

Para mostrar a possível velocidade e distância de propagação do coronavírus ao ignorar as medidas de distanciamento social, o rastreamento de dados anônimos do telefone celular foi visualizado com um mapa de calor para mostrar como um pequeno grupo de turistas na praia poderia impactar o resto do país potencialmente carregando o vírus de volta para casa com eles.

Arte e ciência juntas

Que forma de visualização dará vida ao conteúdo dos seus dados? Isso depende do que você está tentando ver nos dados, qual história deseja contar, quem precisa ver a história em seus dados e outros fatores.

Eventualmente, você estará pronto para colocar seus próprios dados em exibição. Às vezes, um simples gráfico de pizza ou um gráfico fará o trabalho. Mas se você está procurando fazer algo mais criativo com sua visualização de dados para envolver seu público, o Tableau é um exemplo atual das ferramentas de visualização de dados.

Reúna e analise seus dados com um propósito. Acumular grandes quantidades de informações sem razão pode acabar custando muito tempo e dinheiro, e acabar não levando a lugar algum.

Ok, então como a visualização de dados pode melhorar seus negócios?

  1. Localize os processos e iniciativas que precisam de melhorias ou ajustes: acompanhe o seu pessoal e sua empresa para encontrar fontes de atrito que possam ser atenuadas. A visualização dos dados corretos permite uma adesão mais rápida e um alinhamento mais forte. Compreender a eficiência e eficácia dos fluxos de trabalho, hierarquias e processos de negócios diários, bem como funções, como marketing, produção, vendas e serviços, podem ser monitorados coletando dados e, em seguida, analisando-os de maneiras que revelam o que de outra forma não seria visto.
  1. Compreenda seus clientes, parceiros e outras partes interessadas: faça pesquisas. Monitore as mídias sociais. Reúna esses dados importantes com transparência e consentimento. Saber como as partes interessadas e os clientes estão se sentindo, o que desejam e como seus esforços podem ser aprimorados fornece as chaves para responder com precisão.
  1. Preveja marketing, vendas e outros desempenhos: um dos maiores valores do Big Data, IA e Aprendizado de Máquina é o poder de consultar tendências e comportamentos passados e presentes e, em seguida, prever o que vem a seguir, construindo uma estratégia ágil com base nos modelos e cenários mais prováveis.
  1. Desenvolva estratégias mais eficazes para a sua situação: a análise de dados permite que suas equipes vejam o que está funcionando e o que não está, e o mais importante: o por quê. Entender o porquê pode ajudar na solução de seus problemas, uma vez que a análise de dados também está encontrando problemas, bem como obtendo insights para ajudar a resolvê-los. Ver os dados, com alguns recursos visuais que substituem o mar de dados, não apenas economiza tempo e dinheiro para chegar a esse ponto, mas também orienta sua equipe para a estratégia certa.
  1. Comunique-se e motive usando seus dados para contar uma história: clientes, colegas e investidores apreciam ter informações complexas apresentadas de uma forma clara e fácil de entender e usar para tomar decisões informadas. Transmitir seu conhecimento, visão e estratégia geralmente exige dados sólidos. Apresente sua história com autoridade e confiança. 
  1. Responda de forma rápida, eficaz e criativa: a velocidade continua sendo essencial para a agilidade. A criatividade é atraente. Obter insights claros e atuais para informar ações rápidas, criativas e eficazes é a vantagem que a análise e visualização de dados concede às empresas que aprendem como aproveitar sua escala de possibilidades.

Imagem: Negócio foto criado por rawpixel.com – br.freepik.com